Atividades.

Curso de Panificação.

Nos últimos dias 08 e 09 foi promovido o curso de panificação nas dependências da UTFPR.

Este curso foi fruto do SENAR em parceria com o DIREC e o grupo PET-Alimentos, com o intuito de integrar os alunos da UTFPR com produtores rurais do município, aperfeiçoando assim, o conhecimentos de todos.

Um dos objetivos do curso, ministrado pela instrutora do SENAR, Sr.ª Veralice Werle Molossi, foi mostrar aos participantes facilidades no preparo de panificados em geral, especialmente para o pão, sendo este um dos produtos mais consumidos pela humanidade, podendo ser enriquecido com outros cereais ou leguminosas, tornando-se um produto mais saudável. Também foram preparados vários outros tipos de pães, bolos, biscoitos e tortas e , dentre estes produtos, preparou-se um pão especial para celíaco (sem glúten) que obteve grandes elogios.

Durante o encerramento do evento, o Diretor-Geral da UTFPR Campus Francisco Beltrão, e o Diretor de Relações Empresariais e Comunitárias agradeceram a todos os parceiros pelo apoio prestado, onde posteriormente foram degustados todos os produtos preparados durante os dias, os quais tiveram grande aceitação sensorial.



————————–————————–————————–

Curso de Leite e Derivados.

A UTFPR juntamente com o Pet-Alimentos, o Senar Rural, proporcionaram nos dias 18 e 19 passados, o curso de produção artesanal de Alimentos-Derivados de Leite, sendo o curso ministrado pela professora Claudete Teresinha Kunzn Labonde do Senar, e foi destinado aos acadêmicos de Tecnologia em alimentos e produtores Rurais de Leite da cidade de Francisco Beltrão.

O curso abrangeu assuntos diversos sendo discutido inicialmente questões higiênico sanitários de manipuladores, armazenamento e transporte, desde a ordenha do leite até a obtenção dos produtos finais in natura ou derivados

Nos 2 dias foram feitos pelos métodos básicos (forma caseira) utilizadas pelas pequenas agroindústrias, a filtração, o resfriamento e a pasteurização do leite, como também preparados vários tipos de queijos doces como: queijo Minas frescal, quark, petit-suisse, queijo coalho ou colonial, mussarela, ricota e patê de ricota, manteiga, iogurte natural, soro com sabor de chocolate, bebida láctea de morango e pêssego, doce de leite pastoso e em pedaços com soro e uvas passas, doce de leite pastoso e em pedaços com o leite, leite condensado caseiro a quente e a frio, requeijão caseiro e cremoso, creme de morando gelado e iogurte especial.

Segundo a produtora Sra. Edite Smaniotto, proprietária da indústria Smanlat, o curso foi bem proveitoso, pois ela não possuía essa visão de reaproveitamento do leite e soro, além do conhecimento que para ela é de fundamental importância para melhorar sua prática, Edite também comenta: “estou pensando em aproveitar esses conhecimentos para inovar meus dotes culinários e fazer novos produtos para comercialização, pois a procura desses derivados de leite na minha indústria é grande e eu não tinha essa visão para por em prática, mas agora isso será bom para melhorar minha produção.”

Ao final do curso foram feitos os agradecimentos a todos, onde esteve presente o Diretor Geral da UTFPR Prof. Paulo A. e Silviane do DIREC, e logo após foram feitas degustações dos produtos, os quais tiveram bom aproveitamento e foram muito bem aceitos sensorialmente.


————————————————————————
Curso de Transformação da Soja em Produtos Alimentícios.


Com o objetivo de viabilizar o enriquecimento curricular dos alunos do Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, a UTFPR Campus Francisco Beltrão promoveu um curso de extensão em Transformação da Soja. Para tanto, contou com a parceria do Programa de Educação Tutorial da UTFPR – PET-Tecnologia em Alimentos, o DIREC – Diretoria de Relações Empresariais, o SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e o Sindicato Rural de Francisco Beltrão.

Durante os dois dias de curso, 6 e 7 de abril, as aulas, dirigidas pela professora Leonilde Capitanio – instrutora do SENAR, contemplaram assuntos sobre a transformação da soja em produtos alimentícios prontos para o consumo, o correto manuseio do grão durante o preparo dos alimentos, as medidas de higiene que devem ser tomadas, os benefícios que o grão oferece para a saúde de quem o consome e a quantidade adequada para o consumo diário, sendo a soja um produto exótico ao paladar brasileiro, hoje vem sendo consumida com mais apreciação devido a qualidade dos grãos estarem melhores que antigamente, segunda alunas entrevistadas Giovana de Bonna Sartor e Janaina Martini o curso “contribuiu com a teoria estudada em sala de aula, visto então na prática, a transformação da soja em pratos maravilhosos e saudáveis.”

Foram feitos durante o curso: Preparação do extrato de soja in-natura comparando com o indústrializado; farinha de soja; hidratação da proteína da soja; maionese de soja; saladas a base de soja; tofú de soja; pudim de tofú; esfihas de resíduo de soja e proteína texturiada de soja; bolo formigueiro de soja; torta de banana; pão de resíduo de soja; pão com farinha de soja; paçoca de soja; almôndegas de proteína de soja.

Os participantes aprovaram a iniciativa da UTFPR em trazer o curso gastronômico, visando o ensino da transformação caseira do alimento, e já para os próximos mêses, estão agendados novos cursos em outras áreas de interesse.




————————————————————————

Curso de Beneficiamento, Transformação e Conservação de Pescados.


O PET-Alimentos em parceria com a DIREC, da UTFPR Campus Francisco Beltrão, o Sistema Nacional de Aprendizado Rural – SENAR, a Secretaria de Agricultura do Município de Francisco Beltrão e as agroindústrias de pescados, realizaram nos dias 15 e 16 de março, nas dependências do Campus Francisco Beltrão, o curso de Beneficiamento, Transformação e Conservação de Pescados.

O curso objetivou qualificar membros da comunidade, além de viabilizar o enriquecimento o curricular dos alunos do Curso Superior de Tecnologia em Alimentos do campus. O curso foi ministrado pela instrutora do SENAR, Leonilde Capitanio, sob a coordenação do professor Alexandre Alfaro.

Participaram vários acadêmicos do Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, além de proprietários de agroindústrias processadoras de pescado e propriedades participantes do Turismo Rural.

No curso, foram desenvolvidas diversas atividades, como: o abate e filetagem de pescados, obtenção de diferentes cortes, higiene e cuidados no manuseio do pescado incluindo ainda a elaboração de diferentes tipos de pratos.

Uma resposta para “Atividades.

  1. Eu Dejair josé Gimenes Ignacio, estou a procura de um produto de soja (yogurte pastoso)
    tipo danoninho, pois tenho dois netinhos que não podem tomar nada com leite normal.
    Gostaria de saber se voces podem me ajudar sobre este assunto.

    Muito obrigada

    DEJAIR JOSÉ G. IGNACIO

Responda o PET - Alimentos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s